O que achei do Kawamura Lamen-Ya

Não é de hoje que a comida oriental faz muito sucesso em Manaus, mas o prato queridinho dos japoneses, o lámen, só começou a ficar popular entre os manauaras no ano passado. Foi quando começamos a ver a foto de um aqui e outro ali nos instagrans locais – em restaurantes mais tradicionais ou no O Borogodó, que fez e ainda faz alguns especiais do prato de vez em quando. Mesmo assim, ainda não existia um lugar especializado nisso aqui na cidade. Mas, esta lacuna acabou essa semana, mais precisamente no dia 09 de julho, com a inauguração do Kawamura Lamen-Ya Culinária Oriental. 

Snapseed 3.jpg

Eu, que adoro lámen e adoro uma novidade, não perdi tempo e fui conferir ontem mesmo (12). Veja abaixo as minhas impressões sobre a mais recente novidade gastronômica de Manaus city:

Primeiras impressões e ambiente

O restaurante é simples, intimista e familiar em tudo – da fachada discreta até os detalhes da decoração. Ele leva o nome da família proprietária, que trabalha lá e faz questão de saber se você gostou de tudo. Logo quando cheguei, tive alguma dificuldade em encontrar o estabelecimento, porque a fachada é realmente muito discreta, mas, depois que você encontra o local, isso chega a ser um charme a mais.

IMG_6436.JPG

O ambiente é pequeno e dispõem de poucas mesas, mas pelo menos para mim isso não é um problema, porque ele transborda personalidade e a sensação que passa é de aconchego. Na noite em que eu fui, a maioria das mesas estava ocupada por famílias com crianças e idosos. Por este clima mais familiar, não o indicaria para um primeiro encontro, mas ele é perfeito para levar a família, amigos mais próximos ou fazer um passeio de namorados. E dou uma outra dica também: se você for sozinho ou em par, sente no balcão e deixe as mesas para grupos maiores.

Atendimento

Eu e minha amiga sentamos no balcão e a experiência foi ótima. O atendimento, como o de todo lugar na primeira semana de funcionamento, está um pouco perdido, mas todos fazem questão de ser atenciosos e solicitos. O cardápio também poderia conter mais informações sobre os pratos, mas é uma coisa que eles já perceberam e pretendem melhorar.

Comida

No total, eles oferecem dez opções de lámen, incluindo um vegetariano e um vegano. Além disso, você também pode pedir várias outras coisas, como yakissoba, poke bowl, shimeji, língua bovina, gyosa, shushis, sashimis, entre outros.

Snapseed 5.jpg

Pedimos uma porção de Gyosa, e dois lámens, um de carne e um de galinha caipira, que leva o nome da casa. A porção de gyosa ficou pronta SUPER rápido e veio com quatro deliciosos bolinhos (aprovados e devorados também rapidamente por nós duas). A porção de lámen é enorme e muito boa. O de galinha caipira é picante e vem com três bolinhos de galinha divinos. De acordo com um dos chefs e proprietário, Nelson Kawamura, as galinhas são caipira meeesmo. O lámen demora um tempo aceitável para chegar na mesa e os preços variam de R$ 29,00 a R$ 48,00.

Snapseed 2.jpg

Experiência geral

O mais bacana do Kawamura é que o conceito dele é muito redondo. Eu amo as cafeterias hipsters e os restaurantes moderninhos que misturam várias coisas, mas fiquei feliz que a primeira casa especializada em Laméns de Manaus seguiu pelo caminho do aconchego e da tradição. No meio de tantas novidades diferentes, foi uma experiência revigorante comer em lugar tão simples e delicioso.

Ficha

Endereço: Rua Fortaleza, 558, Adrianópolis – Manaus
Dias de funcionamento: segunda – sexta
Horário de funcionamento: 18h – 22h

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s